Abdominoplastia pelo SUS

A abdominoplastia pelo SUS é puramente uma cirurgia de característica estética. Isso porque, a mesma visa retirar o excesso de gordura localizada e excesso de pele da região abdominal. A Abdominoplastia pelo SUS dos procedimentos mais procurados pelo público que tem preocupações com seu corpo. Sem falar que, por meio da mesma, também é possível remover estrias localizadas.

O Sistema Único de Saúde (SUS), passou a oferecer há poucos anos tal cirurgia. E o melhor? Totalmente de graça. Pensando assim, separamos neste artigo algumas dicas e informações sobre como fazer a abdominoplastia pelo SUS.

Abdominoplastia pelo SUS
Abdominoplastia pelo SUS

O que é uma abdominoplastia?

Antes de fazer a abdominoplastia pelo SUS, é aconselhado, antes, saber um pouco mais sobre o procedimento. A cirurgia é mais procura por pessoas que estão acima do peso, mas, não necessariamente por obesos. A mesma vai retirar porções de gorduras da região do abdômen de um indivíduo.

Além disso, mulheres que passaram por muitos processos de gestação também procuram a cirurgia. Até porque, elas podem encontrar imensas dificuldades para perder a gordura localizada.

Confira outros procedimentos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde:

Abdominoplastia pelo SUS

A abdominoplastia pelo SUS só pode ser feita por um pequeno grupo de pessoas. Ela na verdade precisa ser justificada como essencial para a saúde e bem estar de um paciente. Por isso, precisa sempre ser prescrito por um médico.

Mas, não basta ser um médico qualquer, precisa ser um médico licenciado pela própria entidade. Ou seja, um daqueles que atende a rede pública inteira, gratuitamente, bastando apenas imprimir o cartão sus. Outro caso para a realização do procedimento, é pós uma cirurgia bariátrica. Pois a mesma faz com que os indivíduos percam muito peso e retenham pele.

Requisitos

Para realizar a abdominoplastia pelo SUS, é necessário, antes, cumprir alguns requerimentos obrigatórios. Separamos abaixo algumas destas informações para você:

  1. Realizar todos os exames laboratoriais prescritos pelo médico. Desde exames de sangue aos de imagem
  2. Suspender qualquer uso de medicamentos anticoagulantes, principalmente o ácido acetilsalicílico
  3. Não utilizar cigarro, bebidas alcoólicas em um período de 24 horas antes do procedimento
  4. Ter o procedimento aprovado pelo médico e pelo SUS, além de ter aguardado na fila de espera

Quem tem direito

Caso você queira realizar a abdominoplastia pelo SUS, sabe que existe apenas um pequeno grupo que pode efetuar a cirurgia. No caso, são estes:

  1. Pessoas que precisam da operação com cunho corretivo ou reparador
  2. Pessoas que possuem muita gordura e que a mesma se torne nociva à saúde
  3. Pessoas que realizaram cirurgias bariátricas e que estão com um grande excesso de pele

Riscos da abdominoplastia

Após realizar sua abdominoplastia pelo SUS, saiba que existem diversos riscos pós-operatórios. Os mesmos podem incluir, por exemplo, a trombose e também a embolia pulmonar.

Além disso, pode haver chance de retalho abdominal, havendo até mesmo a necrose do tecido. Sangramentos excessivos, infecções, e reações fortes à anestesia também estão listadas como potenciais riscos.

Como dar entrada na abdominoplastia pelo SUS

Para dar entrada na sua abdominoplastia pelo SUS, é um procedimento muito simples. Para tal, você precisará, primeiramente, se consultar com um dos médicos da entidade. Posteriormente, o mesmo deverá solicitar a cirurgia para você. Junto com o seu próprio pedido para o cartão SUS, com o documento deles.