SIGUS APAC 2021: O que é, Como Acessar, Funcionalidades

O SIGUS é o nome dado ao Sistema Integrado de Regulação e Gerenciamento do SUS (Sistema Único de Saúde). E ele possui um portal próprio para oferecer uma ferramenta que auxilia no gerenciamento das atividades operacionais como também na regulação dos procedimentos realizados em média e alta complexidade. Caso você ainda não conheça como funciona o SIGUS é só continuar a leitura atenta deste artigo, e ao sinal de qualquer dúvida é só deixar a sua pergunta nos comentários ao final deste post. Confira!

SIGUS
SIGUS

O que é SIGUS APAC?

O SIGUS foi criado e implementado em diversos municípios, inclusive no estado do Rio Grande do Norte a partir de 2004. Dois anos depois surgiu o SIGUS APAC voltado para o gerenciamento de procedimentos relacionados à alta complexidade, assim como agendamentos, requisições, autorizações e até mesmo auditorias relacionados a estes processos realizados em diversos municípios norte-riograndense.

Em 2012, um novo módulo foi desenvolvido e nomeado como SIGUS Glaucoma que foi dedicado ao gerenciamento de procedimentos ligados ao projeto Glaucoma SUS, e que levou em consideração as dificuldades tanto de controle como de cobranças existentes.

SIGUS APAC
SIGUS APAC

Ao longo deste tempo de desenvolvimento da tecnologia um novo módulo entrou em caráter de desenvolvimento e acabou recebendo o nome de SIGUS Atenção Básica, que tem o intuito de criar uma base única de histórico de todos os usuários do sistema.

Mais especificamente o SIGUS APAC tem a sua atenção direcionada a liberação de APAC (Agendamento dos Procedimentos de Alta Complexidade). Para se ter uma ideia, este módulo só pode ser acessado pelos funcionários que são devidamente credenciados ao SUS.

E é terminantemente proibido que sejam liberadas ou compartilhadas as senhas do sistema, pois esta é uma forma de se evitar as fraudes que possam ocorrer no sistema e também no processo de atendimento do SUS.

Como funciona?

Ao contrário do que se possa imaginar o SIGUS é bem simples. Trata-se de uma plataforma online em que se pode visualizar as informações, inclusive a quantidade de médicos que trabalham, como também os pacientes internados e até mesmo os valores que são gastos em cada município.

Desta forma, com o SIGUS se consegue ter uma noção mais ampla sobre como os procedimentos estão sendo realizados na prática, e assim ter maiores condições de realizar um planejamento, tendo em vista os valores que são recebidos pelo governo para melhorar a eficiência nas ações a serem realizadas.

E com o SIGUS você pode acompanhar os procedimentos até a realização da auditoria de modo otimizado, por meio de um ambiente de utilização fácil em que se pode enviar os dados e receber as informações mais rapidamente dos programas ligados ao Ministério da Saúde.

Funcionalidades do SIGUS APAC

Além disso, outras funcionalidades que são percebidas pelo sistema do SIGUS são os seguintes:

  • Envio de mensagens de SMS automáticas
  • Controle dos acessos de operadores
  • Relatórios financeiros e gerenciais
  • Envio de laudos médicos e de imagens
  • Controle dos procedimentos de continuidade como, por exemplo, quimioterapia e radioterapia
  • Prontuário eletrônico que se pode ser utilizado através de um certificado digital
  • Controle dos tetos financeiros de prestadores e de municípios
  • Remanejamento automático do financeiro na PPI pelos municípios
  • Gerenciamento dos agendamentos automáticos
  • Controle dos procedimentos com a tabela diferenciada
  • Gerenciamento das classes
  • Soluções personalizadas dos acordos conforme a necessidade de cada cliente.
Como funciona
Como funciona

Qual o Objetivo do SIGUS?

Os principais objetivos do sistema estão relacionados ao acompanhamento de processos que envolvem os encaminhamentos dos procedimentos para que os administradores possam fazer monitoramento das etapas do processo realizados.

Além disso com o sistema integrado do gerenciamento de usuários do SUS aumenta-se o controle sobre a fiscalização de corrupção do sistema, pois se pode visualizar os gastos que são realizados em cada unidade hospitalar e, caso seja necessário, contribuirá melhor com o Ministério Público em procedimentos de investigação se houver a suspeita do mau uso de verbas públicas que são direcionadas a saúde.

E outro objetivo relevante acerca do sistema é que o mesmo oferece uma relação de custo-benefício de pacientes e médicos, uma vez que se consegue perceber exatamente o que precisa saber sobre como e quanto investir para que os atendimentos possam ser melhor realizados.

Gostou? Fique por dentro de todas as nossas novidades. Inscreva-se no blog agora.