Segurados com doenças graves se queixam que INSS restringe auxílios cada vez mais

Algumas pessoas acabam tendo dúvidas relacionadas ao recolhimento do INSS, sendo que uma delas é se o empregado que é demitido sem justa causa, ou seja, ele foi desligado pela empresa e vai receber todos os seus direitos, pode recolher o carnê do INSS durante o período em que estiver recebendo o seguro desemprego, sendo que o recolhimento do carnê seria feito através do INSS. Isso acontece principalmente porque as pessoas acabam tendo medo de ter buracos no tempo de contribuição, e desta forma acabará levando mais tempo para se aposentar.

Segundo a lei, quando o trabalhado estiver recebendo o seguro desemprego, ele poderá se utilizar do carnê do INSS para fazer o recolhimento como segurado facultativo, ou seja, o segurado que tem a opção de contribuir, ou não, para o INSS. Se o trabalhador fizer esta contribuição, o empregado poderá computar aqueles meses como tempo total para sua aposentadoria.

A lei assegura este benefício, descrevendo que qualquer pessoa que tenha mais de 14 anos de idade pode ser um segurado facultativo, pagando o carnê do INSS, e desta forma contribuindo para a previdência e podendo se aposentar pelo tempo de contribuição, sendo que este tempo atualmente é de 35 anos para homens e 30 anos para mulheres.

Até mesmo estudantes e estagiários, que não tem o INSS descontado como vinculo de trabalho, podem recolher a contribuição para o INSS e desta forma computar como tempo de serviço e depois receber sua aposentadoria pelo tempo integral, quando fechar os anos de acordo com o seu gênero.

O instituto Nacional do Seguro Social, conhecido popularmente pela sigla INSS é um órgão do Ministério da Previdência Social que tem ligação direta com o Governo. Ele tem a responsabilidade de administrar todos os pagamentos de aposentadorias e outros benefícios que os trabalhadores brasileiros que contribuem com a Previdência Social têm direito.

É muito importante estar contribuindo com o INSS pois deste modo você poderá garantir o recebimento de benefícios durante todo o período de sua aposentadoria e além disso, o trabalhador que contribui para a Previdência Social também tem direito ao recebimento de auxílio-doença em situação envolvendo afastamento do serviço por conta de motivos de saúde.

Acessando o site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br), você poderá ter acesso a muito mais informações, além da de consultar também a tabela oficial das datas utilizadas para saber quando deve ser sacado o seu benefício.

Este artigo é perfeito para você que já é aposentado e deseja entender um pouco mais sobre o Instituto Nacional do Seguro Social, portanto continue a leitura abaixo e saiba o que é a Previdência Social e os benefícios disponibilizados pela mesma. Acompanhe.

A Previdência Social é o seguro que garante uma aposentadoria ao cidadão que deixou de exercer serviços para uma empresa na qual tinha vínculo de carteira assinada, seja por motivo de acidente, doença maternidade ou até permanentemente (invalidez, velhice e morte). Caso o cidadão se encontre afastado por conta de morte, a renda garantida pelo seguro vai diretamente para a família do falecido.

É essencial que todos os cidadãos fiquem atualizados a respeito dos seus direitos, por isso acompanhe logo abaixo quais são os principais benefícios que são disponibilizados para aqueles que contribuem com a Previdência Social, além das aposentadorias:

  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Salário maternidade;
  • Salário família;
  • Reabilitação profissional;
  • décimo terceiro salário;
  • Entre outros.