INSS arrecada menos dinheiro do que os benefícios que paga

Todo mundo sabe que o INSS arrecada menos dinheiro do que os benefícios que paga. Uma matéria do G1 aponta que esse ano haverá um rombo no orçamento do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) de R$ 146,36 bilhões.

E a tendência mostra que esse número não para de crescer. Não vou entrar em detalhes sobre a ineficiência no gerenciamento desse instituto, porém é visível que, em longo prazo, essa situação é praticamente insustentável. Eu não quero deixar o meu futuro nas mãos de uma entidade que gasta mais do que recebe.

Atendimento em Postos do INSS
Atendimento em Postos do INSS

As regras da Previdência Social podem mudar

Com toda a ineficiência do governo em controlar seu orçamento, há a necessidade de reajustes para cobrir despesas. E, pode ser que um desses reajustes seja na distribuição desse benefício.

E isso não estão tão distantes, visto que o atual presidente Michel Temer quer aumentar a idade mínima para aposentadoria para à partir dos 70 anos de idade, que seria aplicada daqui 20 anos. Portanto, a revisão das regras é inevitável, visto que a dinâmica muda constantemente.

Expectativa de vida só aumenta

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a expectativa de vida dos brasileiros subiu para 75,2 anos em 2014. Em 2013, a expectativa era de 74,9 anos. Com isso, é visível que nós iremos viver mais.

E, vivendo mais, iremos gastar mais com saúde, conforme nossa idade progride. E a história mostra que a probabilidade de alguém ganhar o piso da Previdência Social, que é o salário mínimo, é alta. E, repetindo o item 4, é impossível viver com um salário mínimo.

Despesas gerais

Independentemente de sua idade, todo mundo precisa de dinheiro para comer, comprar roupa, para o lazer, manutenção da moradia, etc. O livro Segredos da Mente Milionária, de T. Harv Eker , indica uma divisão de gastos para o dinheiro que você recebe todos os meses, conforme abaixo:

  • 10% – Poupança para Despesas de Longo Prazo (poupança para ser usada na hora de trocar um eletrodoméstico, apartamento, etc)
  • 10% – Instrução Financeira (investimento em cursos sobre como administrar melhor seu dinheiro)
  • 50% – Necessidades Básicas (despesas mensais em geral)
  • 10 % – Diversão (despesas com diversão)
  • 10% – Liberdade Financeira (investimentos para atingir a liberdade financeira. Não se pode mexer nesse dinheiro)
  • 10% – Doações (doação para alguma instituição)